quinta-feira, 14 de setembro de 2017

7 situações em que é melhor deixar o treino de lado e descansar

© Thinkstock/Getty Images mulher-cansada-fit
Do MSN,
Quinta-feira, 14 de setembro de 2017 (12:21:08)
Atire o primeiro despertador quem nunca arrumou uma razão para ignorar o treino e dormir mais uma horinha: o stress do trabalho pesa, aquela dorzinha da corrida do fim de semana se manifesta, a bolha no pé existe, está frio… Tudo muito válido! Tão válido que é preciso foco para sair de debaixo das cobertas. Olha, tem dias em que é melhor ficar por lá mesmo! Sim, exercício faz bem, mas, em algumas situações, o organismo precisa de uma pausa.
Ao contrário do que você imagina, reconhecer e respeitar isso vai favorecer seu desempenho – afinal, você não quer correr o risco de ter de passar muito mais tempo de molho por causa de uma doença ou de uma lesão. Então considere ficar em casa quando tem…
1. Gripe ou resfriado
Se você está toda “endubida”, acredite, vai faltar ar no treino. Além disso, o corpo precisa poupar energia para combater a infecção. “Gripe e resfriado costumam se curar sozinhos, mas o repouso evita complicações, como uma pneumonia”, alerta a infectologista Camila Martini, de São Paulo. “Retome as atividades mais intensas aos poucos, até duas semanas depois do fim de sintomas como febre e falta de ar.” Até lá, prefira exercícios que não a deixem ofegante, e feitos em locais com boa circulação de ar – você não quer deixar os colegas da academia gripados também, né?
2. Dor nas costas
Você acordou e travou! Pode ser culpa da má postura ou da carga exagerada na musculação. “Quando sobrecarregamos a musculatura ao redor da coluna, o corpo responde com enrijecimento e dor, explica o ortopedista Bruno Rabello, do Rio de Janeiro. Normalmente esse processo inflamatório se resolve sozinho em poucos dias. Nesse período, repouso e compressas quentes no local oferecem algum alívio. “Alongar não ajuda a curar a lesão e pode, inclusive, piorá-la”, alerta Bruno.
3. Insônia
Não sinta culpa: cansaço é bem diferente de preguiça – e até a preguiça, às vezes, faz parte. As pessoas devem dormir, em média, de sete a oito horas por noite. E o sono precisa ser de qualidade – quando você acorda recuperada”, explica o endocrinologista Wilmar Accursio, de São Paulo. Se isso não ocorre por alguns dias, os músculos ficam fatigados e os reflexos mais lentos, e há risco de lesões e perda de massa magra.
Achar que exercícios vão deixar você cansada e fazer o sono chegar mais rápido é um engano. Treinos intensos liberam adrenalina resultado: corpo acelerado. Em períodos de insônia, opte por atividades relaxantes, e nunca depois das 20 horas.
4. Ressaca
Uma ou duas taças de vinho na noite anterior não são álibi para matar o treino da manhã. Já se você exagerou na despedida de solteira da melhor amiga, não vá malhar pensando em queimar de uma só vez todas as calorias dos drinques. “Álcool é diurético, e o excesso de urina leva à desidratação e à perda de minerais importantes (como cálcio e magnésio) que regulam as contrações musculares”, explica Wilmar.
Além disso, a bebida bagunça nossas reservas de açúcar. “Os músculos têm menos matéria-prima para fabricar energia e a fraqueza bate. É bem capaz que você termine o treino se sentindo ainda pior do que estava antes.” Prefira descansar e beber muuuita água.
5. Dor de cabeça
A cabeça lateja só de pensar na música alta bombando na academia? Melhor mudar seus planos do dia. A atividade física tende a piorar (e muito) uma cefaleia. Principalmente se você apostar nas modalidades em que pula, agacha e sobe ou fica muito ofegante – a dilatação dos vasos sanguíneos aumenta aquela pulsação incômoda. Mais: malhar baixa o nível de glicose no sangue e pode desidratar o corpo, dois gatilhos bem comuns de enxaqueca.
“Se não quiser ficar parada, prefira fazer um aeróbico bem leve, como uma caminhada ou um passeio de bicicleta em um lugar sossegado. Isso estimula a circulação no cérebro, relaxa e pode até aliviara dor, explica o neurologista Marcus Paulo de Souza, de São Paulo.
6. Cólica menstrual
A gente entende que você prefira ficar quietinha quando a dor bate. “Mas só desaconselho atividades físicas para quem tem muito sangramento na menstruação, porque ele pode aumentar”, diz a ginecologista Célia David, de São Paulo. Em geral, quem sofre com cólicas se beneficia de práticas de alongamento e relaxamento. “A dor acontece porque há contrações no útero. Exercícios que estimulam a musculatura da bacia aliviam o incômodo.” Aproveite para experimentar a aula de pilates ou ioga.
7. Diarreia ou vômito
Pouco importa o motivo – se foi uma doença gastrointestinal causada por vírus, bactérias ou só um alimento que não caiu bem –, a diarreia e o vômito levam à perda intensa de água. “E os exercícios intensificam a desidratação rapidamente, alerta Camila. Por uma semana, falte ao treino para ficar em casa (bem pertinho do seu banheiro!) e beba muita água para se hidratar.sistema imunológico necessita desse descanso para combater as causas da doença.”

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Ex-bailarina do Faustão , Vanessa Perez posa seminua e esbanja sensualidade


Do Bol,
Quarta-feira, 13 de setembro de 2017 (20:01:01)

Estrela do próximo ensaio do Diamond Brazil, a ex-bailarina do Faustão Vanessa Perez divulgou uma prévia do ensaio em que exibe suas curvas. O material completo da gata estará no site do projeto a partir do dia 15 de setembro. O site Diamond Brazil busca exaltar a beleza feminina e desmitificar a nudez como vulgaridade. "Os ensaios são feitos para que a sensualidade seja admirada como uma verdadeira arte. Para que a imaginação de nossos assinantes seja aflorada sem nenhuma vulgaridade", afirma Viviane Bordin, criadora do site.


A ex-bailarina do Faustão Vanessa Perez mostra que está em ótima forma em seu novo ensaio sensual
 Divulgação/M2 Mídia
 Divulgação/M2 Mídia
Divulgação/M2 Mídia
 Divulgação/M2 Mídia

 Divulgação/M2 Mídia

Divulgação/M2 Mídia

sábado, 9 de setembro de 2017

Será lançado nesta quinta-feira o tão esperado livro da miss Minas Gerais intitulado “O Diário de uma MISSionária”

Foto: Laura Dacal
Do Portal BNC, Por Aluysio Morais
Sábado, 09 de setembro de 2017 (13:32:12)

Faltam apenas 4 dias para ser lançado o livro tão esperado da modelo e miss Janaína Barcelos intitulado “O Diário de uma MISSionária”. O livro contará a história da jovem que passou por várias aprovações, decepções, tristezas, julgamentos pela aparência como ela mesmo diz, lutas, curas, enfim...


O livro da linda jovem Missionária que também é jornalista e apresentadora de TV será lançado neste dia 14 de setembro, próxima quinta-feira, às 20h na Livraria Leitura - Shopping Del Rey, na Pampulha, Agradeço a Deus por mais esta realização em minha vida e a todas as pessoas que estiveram ao meu lado, torcendo, apoiando e me prestando todo amor e carinho em minha carreira. Agora chegou minha vez de retribuir este carinho e quero convidar a todos para estarem comigo em mais este projeto onde lançarei meu livro na livraria Leitura do Shopping Del Rey dia 14 de setembro as 20h. Grande beijo no coração de cada um de vocês e até lá!”, agradece Janaína Barcelos.

No lançamento do livro estarão presentes as redes de TVs Band e Rede Record e com isso a bela Janaína Barcelos não esconde tamanha ansiedade em poder agradecer a todos que comparecerão neste grande evento.


Não deixem de comprar o livro que estará em todo Brasil a partir de quinta-feira. Vale a pena ler e ficar por dentro da vida da miss Minas Gerais e vice miss Brasil 2013. 
Foto: Laura Dacal
 Foto: Laura Dacal
Foto: Laura Dacal

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Pernambucana que foi Musa do “Galo da Madrugada”, maior bloco carnavalesco do planeta fala da sua ida à Los Angeles (EUA)

 Foto: Arquivo Pessoal
Do Portal BNC, Por Aluysio Morais
Quinta-feira, 07 de setembro de 2017 (12:04:23)

A modelo pernambucana Maria Cláudia Brasil, 18 anos de idade e 55kg bem distribuídos em 1,71m de altura, participou de vários concursos de beleza como Miss Palmares, Miss Pernambuco e Miss Fernando de Noronha Intercontinental 2016 sendo eleita neste último, mas que na realidade a morena só veio a ser reconhecida nacionalmente quando foi escolhida para ser “Musa do Galo da Madrugada 2016”, o maior bloco carnavalesco do planeta, o qual botou mais de 2 milhões de foliões nas ruas do Recife no carnaval de 2017.


“Nossa, fico emocionada em falar... sei que foi uma grande emoção, foi meu maior título, até porque poder representar o maior bloco de carnaval do mundo não tem dinheiro que pague, foi exatamente depois que representei o bloco que houve aquela explosão da mídia, foi exatamente esse título que me fez ficar conhecida. O carnaval é uma grande festa, e ser a Musa do Galo da Madrugada é motivo de grande honra, acredito que seja a mesma emoção de ser a madrinha de bateria de uma Escola de Samba”. Diz modelo.

Quando perguntada o porquê de sua ida aos Estados Unidos, a jovem falou: “Fui para estudar cinema, primeiro fui para Nova Iorque e depois me mudei para Los Angeles onde moro até hoje”. A jovem pretende vir ao Brasil no final de ano onde passará o Reveillon com amigos e familiares.

Veja na íntegra a matéria completa com essa linda modelo, miss e musa...


B N C – Com quantos anos você começou no mundo da moda?
Maria Cláudia Brasil – Desde cedo tive verdadeira fascinação pelo mercado publicitário e artístico.

B N C – Modelar sempre fez parte dos seus sonhos?
Maria Cláudia Brasil – Sempre. Moda é uma expressão, não só de tendência, mas principalmente de valores Sócios Culturais de uma região. Venho de um estado que tem o maior polo de modas do País, que é Santa Cruz do Capibaribe (PE). Hoje se fabrica moda de altíssima qualidade e isso é motivo de orgulho.

B N C – Quais suas principais dificuldades no início da carreira de modelo?
Maria Cláudia Brasil – Sem sombra de dúvidas é a oportunidade. Ingressar neste mercado não é fácil porque ele faz parte do universo imaginário de muitas adolescentes.

B N C – Quando você percebeu que levaria jeito para o mundo fashion ?
Maria Cláudia Brasil – Esse dom nasce com a gente, quem tem perfil para a moda tem desejo latente na sua personalidade e nos seus objetivos.
Foto: Danilo Photografia

B N C – O que mais contribuiu para que você escolhesse o mundo da moda?
Maria Cláudia Brasil – Sempre fui muito tímida e esse mundo me permitiu perder a timidez e por algumas horas incorporar a personagem e ser uma diva. Acho que isso foi um dos motivos pelos quais também escolhi esse mundo fashion.

B N C – Como e por quem você foi descoberta para esse mundo de puro glamour?
Maria Cláudia Brasil – Minha mãe sempre foi minha maior entusiasta, ela sempre foi bem relacionada neste mundo. Então cresci vendo desfiles de moda e ensaios fotográficos e a partir daí amigos produtores de minha mãe me convidaram para estrear neste universo.

B N C – Alguém já tentou puxar seu tapete para se beneficiar de algo no mundo da moda?
Maria Cláudia Brasil – No mundo como um todo existe pessoas boas e más. Em qualquer segmento existem pessoas com pouco caráter, que busca crescer na sombra dos bons. Eu sempre tive o apoio dos meus pais que sem sombra de dúvidas são meu porto seguro e que me protege de qualquer cilada da vida.

B N C – Quando você começou no mundo da moda imaginaria que um dia poderia ser miss?
Maria Cláudia Brasil – Ser miss é o sonho de qualquer garota, como também conseguir a magia de ser uma cinderela, e como uma adolescente da época não podia ser diferente... Sonhei e realizei esse sonho em grande estilo.

B N C – Você é natural de Santa Cruz, reside em Los Angeles (EUA) e foi representante da cidade de Palmares no Miss Pernambuco 2015. O que significou tudo isso para você?
Maria Cláudia Brasil – Para você participar de um certame estadual não é necessariamente ser daquela cidade e pra mim significou muito, até porque minha família tem laços afetivos e comerciais com o município de Palmares e o convite surgiu em um momento onde eu desenvolvia vários trabalhos sociais em Palmares e até hoje me sinto muito lisonjeada em ter representado aquela cidade, capital da Mata Sul e terra dos poetas.
Foto: Danilo Photografia

B N C – Como você se sente em ser a Miss Fernando de Noronha intercontinental 2016, uma das mais belas ilhas do mundo?
Maria Cláudia Brasil – O arquipélago de Fernando de Noronha  é uma das  sete maravilhas naturais do mundo e poder representar esse paraíso é motivo de muito orgulho, sem dúvida. Posso afirmar que minha trajetória no mundo da moda é muito brilhante.

B N C – O que significou ser a musa do maior bloco carnavalesco do planeta?
Maria Cláudia Brasil – Nossa, fico emocionada em falar, sei que foi uma grande emoção, foi meu maior título, até porque poder representar o maio bloco de carnaval do mundo não tem dinheiro que pague, foi exatamente depois que representei o bloco que houve aquela explosão da mídia, foi exatamente esse título que me fez ficar conhecida. O carnaval é uma grande festa e ser a Musa do Galo da Madrugada é motivo de grande honra, acredito que seja a mesma emoção de ser a madrinha de bateria de uma Escola de Samba.

B N C – Quem é Maria Cláudia Brasil pessoa e Maria Cláudia Brasil modelo/miss?
Maria Cláudia Brasil – Sou uma garota tímida e sincera, leal e legal. A modelo miss são os momentos de Glamour e sensualidade, são meus lados artísticos...

B N C – Se tivesse que mudar algo em seu corpo, o que você mudaria?
Maria Cláudia Brasil – Não mudaria nada. Mantenho meu corpo com dieta e academia e talvez perdesse um pouco de medidas, nada mais.

B N C – Qual a parte do seu corpo que você mais gosta?
Maria Cláudia Brasil – Gosto muito da minha barriga, bumbum e pernas.

B N C – Quais seus planos futuros?
Maria Cláudia Brasil – Estudar cinema em Hollywood.

B N C – Qual lado bom da moda?
Maria Cláudia Brasil – Todos. Moda é cultura.

B N C – E o ruim?
Maria Cláudia Brasil – Existem lados ruins sim, mas eu diria que ainda não fui apresentada.

B N C – O que você acha do nu artístico uma vez que ainda é aquele tabu para alguns?
Maria Cláudia Brasil – Gosto do nu artístico, principalmente quando o fotógrafo extrai o melhor da modelo.
Foto: Danilo Photografia

B N C – Você posaria para uma revista masculina?
Maria Cláudia Brasil – Posaria se isto representasse um bom valor econômico como também se fosse para está em evidência porque isso é importante.

B N C – Você já pagou algum mico no mundo da moda?
Maria Cláudia Brasil – Acho que alguns (risos). Certa vez fiquei enrolada em uma mula de tecidos durante horas e não entramos na passarela.

B N C – Qual sua maior decepção no mundo da moda?
Maria Cláudia Brasil – Acho que não tive.

B N C – Um jogo rápido: Um momento;
Maria Cláudia Brasil – Quando ganhei o Musa do Galo da Madrugada.

B N C – Um ídolo;
Maria Cláudia Brasil – Meu pai, um homem guerreiro.

B N C – Uma viagem;
Maria Cláudia Brasil – Dubai.

B N C – Uma virtude;
Maria Cláudia Brasil – A sinceridade.

B N C – Um defeito;
Maria Cláudia Brasil – Não conter minhas emoções.

B N C – O que não pode faltar em sua bolsa?
Maria Cláudia Brasil – Dinheiro, batom e pastilha.

B N C – Um filme;
Maria Cláudia Brasil – Uma linda mulher.

B N C – Um livro;
Maria Cláudia Brasil – Vivendo amando e aprendendo de Léo buscaglia.

B N C – Uma frase:

Maria Cláudia Brasil – “Saber esperar é uma virtude! Aceitar sem questionar, que cada coisa tem um tempo certo para acontecer... é ter fé!!!”.
Foto: Rômulo Lins
Foto: Rômulo Lins
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Rômulo Lins
Foto: Rômulo Lins
Foto: Arquivo Pessoal
 Foto: Danilo Photografia
 Foto: Danilo Photografia
Foto: Danilo Photografia
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Rômulo Lins
 Foto: Rômulo Lins
 Foto: Danilo Photografia
 Foto: Rômulo Lins
 Foto: Rômulo Lins

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Candidata do Musa do Brasil posa em ensaio com cobra de 3 metros

Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
Do Bol,
Segunda-feira, 04 de setembro de 2017 (16:09:00)

A modelo Adrielly Silva é a representante de Alagoas no concurso Musa do Brasil 2017. A gata esbanjou ousadia em um ensaio quente com uma cobra. Adrielly é estudante de medicina veterinária e quis mostrar toda a sua intimidade com os bichos. "No início eu fiquei com um pouco de medo da cobra, até porque nunca tinha visto uma tão perto assim", conta Adrielly Silva sobre o ensaio sensual com a cobra, que tem mais de 3 metros e pesa 35 kg.

Adrielly Silva diz que adorou fazer o ensaio com a cobra. "Curti muito o resultado, ficou diferente de tudo o que já vi, me senti poderosa", revela

A musa diz que deu um pouco de trabalho fazer o ensaio com a cobra de 3 metros. "Às vezes tinha que parar de clicar para respirar porque ela apertava meu corpo. O maior desafio foi ficar com o meu rosto perto da cabeça dela. Mas a coisa foi fluindo e ficamos amigas", conta aos risos  

Adrielly posa totalmente nua em ensaio. Nudez, aliás, não é um problema para a gata. A musa não terá problema caso fique entre as três primeiras posições do concurso Musa do Brasil, ganhando o direito de posar para a revista Sexy.


"Não tenho problema em ficar sem roupa, pra mim é tranquilo porque estou bem com o meu corpo. Acho que está tudo no lugar, sou novinha ainda", diz a gata de 21 anos.
 Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
 Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
 Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
 Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
 Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia
Divulgação / Ricardo Sakai/M2 Mídia